Autenticação | |             Cadastre-se |
Pesquisar

ABLV - Academia Brasileira de Laringologia e Voz

Vem aí a 20ª Semana Nacional da Voz

22/03/2018

Campanha contará com Postos de Atendimento Voluntário por todo o país. Ação visa atender aos que buscarem auxílio e, por meio de uma triagem, encaminhar os que necessitam para tratamento


Alertar o maior número possível de pessoas a respeito dos riscos e consequências da falta de cuidados com a garganta e o aparelho fonador é o foco da Semana Nacional da Voz, campanha iniciada em 1999 e que é promovida em parceria pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF), pela Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP).

Retomando o mote inicial: "Afine a sua Saúde. Cuide da sua voz", a ação em 2018 aponta o fato de que hoje muitos querem falar, mas poucos desejam ouvir, buscando levar à discussão como lidar com as diferentes vozes num mundo com tanta diversidade. "Na manhã do domingo, dia 15 de abril, realizaremos a Cerimônia de Abertura no Museu do Amanhã, na Praça Mauá, Centro do Rio de Janeiro. Vamos falar sobre intolerância, falta de capacidade de dialogar e promover debates inteligentes em que os vários lados das questões se expressem e se respeitem, bem como a importância de exercermos, como médicos e instituições, nossa parcela de responsabilidade social", declara o médico Marcos Sarvat, um dos coordenadores da Campanha.

Neste ano, o grande diferencial da ação é a disponibilização de Postos de Atendimento. "Prevemos uma alta procura da população a estes pontos, já que existe uma notória demanda reprimida, cidadãos com pouco acesso à saúde em geral e sem planos e seguros de saúde. Temos como missão a avaliação e possível detecção de enfermidades de boca, faringe e laringe e, nestes casos, o encaminhamento para o devido tratamento", afirma o presidente da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF), Marcio Abrahão.

Aracaju, Belém, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Florianópolis, Manaus, Natal, Recife, Salvador e Vitória são algumas das muitas cidades que oferecerão serviços à população. No caso de a demanda ultrapassar a capacidade de atendimento dos postos participantes, Marcos Sarvat explica como será o procedimento. "Postos cheios não significam um problema; o tamanho da fila mede o sucesso da ação. Se, porventura, a capacidade de atendimento for superada, serão entregues senhas, de acordo com a ordem de chegada, remarcando a avaliação para dias subsequentes", detalha o otorrinolaringologista.

De acordo com o presidente da Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV), Gustavo Korn, que também atua na coordenação da Campanha, muitas vezes as pessoas não levam a sério problemas apresentados na garganta e na voz, que é a principal ferramenta de comunicação do ser humano. "Um problema de voz reflete muito mais que uma simples dificuldade na produção do som básico para a fala, podendo interferir na própria habilidade de se comunicar. É fundamental que as pessoas tenham total consciência da importância em cuidar bem da voz e, no caso de qualquer sinal de problema, procure por ajuda especializada para identificar o motivo, definir o tratamento adequado e resolver a questão antes que algo de mais grave ocorra", finaliza o médico.

A relação de postos para atendimento está disponível no site da Campanha:

www.semanadavoz.com.br


Informações à Imprensa: ADCom Comunicação Empresarial

Fone: (11) 3825-7171

www.adcompress.com.br

Bookmark and Share
Desenvolvido por GN1

Copyright 2005-2018 - Academia Brasileira de Laringologia e Voz

Av. Indianópolis, 1287 - Planalto Paulista - São Paulo - SP - Fone: (11) 5053.7500